segunda-feira, 27 de julho de 2015

ônibus

https://instagram.com/p/5nT-oCiu2X/?taken-by=marquinhosddm
https://instagram.com/p/5p9PtGiuxy/?taken-by=marquinhosddm
https://instagram.com/p/5nYh7riuyB/?taken-by=marquinhosddm

Resultado de imagem para onibus 2015

Resultado de imagem para onibus 2015

Resultado de imagem para onibus 2015

quinta-feira, 14 de maio de 2015

As 10 maiores estatuas do mundo

Você já pensou como o nosso Cristo Redentor do Brasil é grande? É um ponto turístico muito conhecido, mas em termos de altura, o simbolo carioca não chega nem perto de ser uma das maiores estatuas do mundo, contem apenas 38m de altura. Foi inaugurado em 2011, em Barra Velha (SC), uma réplica da estatua da Liberdade medindo 57 metros de altura, hoje considerada a maior estatua do Brasil. Conheça nas fotos a seguir as 10 maiores estatuas do mundo:

10ª Grande Buda da Tailândia - 92 m



9ª Estátua da Liberdade - 93 m


8ª Pedro, o grande - 96 m


7ª Sendai Daikannon - 100 m


6ª The Motherland (A mãe pátria) - 102 m


5ª Imperadores Yan e Huang - 106 m


4ª Guan Yin of the South Sea of Sanya - 108 m


3ª Laykyun Setkyar - 116 m


2ª Ushiku Daibutsu - 120 m


1ª Templo do Buda da Primavera - 153 m


Fonte: TOP 10+ (http://goo.gl/pzMs7c)

sábado, 18 de abril de 2015

Extintor de incêndio que usa som

Seth Robertson e Viet Tran, dois estudantes de engenharia de Virgínia, nos Estados Unidos, desenvolveram um dispositivo capaz de apagar incêndios a partir de ondas sonoras.
(Foto: Divulgação)
A invenção tem o conceito básico de locomoção do ar, pois ondas sonoras são também de pressão, então acabam retirando o ar da região do fogo, pois ser ar, sem fogo.

O aparelho usa ondas na faixa de 30 a 60 Hz, que são audíveis para os ouvidos humanos.

Na frequência certa, as ondas são capazes de separar o oxigênio do combustível no fogo. “A onda de pressão vai e volta, agitando o ar em volta. O espaço gerado é suficiente para evitar que as chamas voltem a acender”, explica Tran.

Infelizmente, esse 'extintor' por enquanto só pode apagar incêndios provocados por álcool, mas a dupla pretende ainda testar e desenvolve-lo mais vezes. Mesmo assim o Corpo de Bombeiros da Virgínia já pediu para testar a tecnologia. Para eles, a invenção pode substituir produtos tóxicos utilizados em extintores comuns.

Ele foi pensado inicialmente para apagar incêndios no espaço ou em cozinhas, mas agora muitos pensam em mais possibilidades de uso.

Confira o vídeo na matéria original: http://goo.gl/cbMyw6

Fonte: Olhar Digital